Escritos Esparsos

27 de novembro de 2013

Sem machismo e sem feminismo

Filed under: Crônica — stellerdepaula @ 21:20
Tags: ,

Romero

Hoje, lendo um texto sobre feminismo, machismo e outros “ismos”, lembrei uma amiga que, há algum tempo, confessou-me uma angústia: ela namorava há alguns meses e estava se sentindo mal com o “prejuízo” que vinha dando ao rapaz, pois ele pagava tudo, cinema, jantares, ingressos de festa, bebidas, sempre que ambos saiam.
– Logo se vê que ele é um rapaz bem adestrado! – Respondi a ela.

É esse o nosso papel mesmo, mimar aquela que, dentre tantas, escolhemos para estar junto de nós. O homem deve, sim, pagar a conta. E isso não é machismo, não é questão de se impor pelo dinheiro, não é reflexo da “velha opressão masculina do homem criado numa sociedade machista e patriarcal”! É cuidado, é gentileza, é uma forma de dizer que se importa, que valoriza. É idiota a mulher que não quer, que não exige, esse tipo de gentileza e outras mais, tão simples, como abrir a porta do carro, segurar a porta aberta para ela entrar, puxar uma cadeira para ela sentar, mandar uma mensagem carinhosa no meio do dia… A falta de educação e de gentileza é generalizada nessa cidade, é crônica! Então que a mulher treine seu parceiro, mostre sutilmente que valoriza, que espera esse tipo de gentileza! E, convenhamos, que ridículo o garçom chegar, ele pegar a conta, dividir na calculadora do celular: deu R$ 19, 31 para cada!
Expliquei isso a ela, que é triste quando uma mulher faz confusão para pagar metade da conta. Se oferecer, sim, é educado. Mas, quando ele fizer questão de pagar, que ela não insista.

Não estou dizendo que o homem deve pagar tudo e sempre! Se minha namorada quiser sair e eu estiver sem dinheiro, direi isso a ela. Caso ela se ofereça para pagar, aceito sem problemas! Não vejo problema em ela pagar a conta, inteira, algumas vezes.
Mas no começo do relacionamento, a outras formas de agir em relação a isso. Algumas mulheres esquecem que homem também gosta de ganhar presente, de saber que ela viu algo, lembrou-se dele, comprou. E não precisa ser nada muito absurdo, uma caixa de chocolate, que seja.
Se ele passou o mês, dois meses, enfim, pagando tudo para vocês, porque você não o presenteia? Compra um livro, um cd, uma camiseta, algo que você sabe que vai agradá-lo. Você o conhece, sabe seus gostos. Se não sabe é uma namorada ruim, pois basta prestar alguma atenção e saber ouvir: uma hora ou outra ele vai falar sobre algo que viu numa loja, algo que ele tinha e quebrou, algo que está pensando em comprar… Não custa nada, também, ter iniciativa: entra num site de compras coletivas e quando for encontrá-lo já vai com o jantar comprado e pago, planeja uma viagem e compra.
A Mulher foi feita para o amor, e é nosso papel cuidar, proteger, mimar. O homem que saber isso é um ser atento aos sinais, que procura, até, se antecipar aos desejos da mulher, que lida com a arte da adivinhação, que precisa saber o que ela quer quando nem ela mesma sabe o quer! Mas algumas mulheres se acomodam demasiadamente e mais exigem muito mais do que dão.
Foi essa, em essência, minha conversa com minha amiga. Ela estar preocupada já demonstrou uma sensibilidade por parte dela. Sensibilidade e gentileza não faltam só a alguns homens, mas a algumas mulheres também.

Steller de Paula

Anúncios

Blog no WordPress.com.